Inspirações: Dias Quentes.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Dias Quentes.


                Nesses dias de calor, onde falta o ar, faltam as palavras, pesa o peito, abafa, faz suar. O corpo tenta suportar a claustrofóbica sensação de não se aguentar. As mãos molhadas servem para refrescar, servem para demonstrar que algo está errado, que falta o equilíbrio do bem estar, falta a ideia de ser pleno, sem sufocar.
               Nesses dias onde tudo acaba em tempestade e onde nem assim se ameniza o calor, o desconforto e o desespero, tudo é pesaroso, é devagar e nem a chuva consegue acalmar.

(texto: Bruna Romansini)





















Imagens: Reprodução

Um comentário: